30-03: Basquete renasce no Brasil

As linhas: ” Uma cesta de três de Rafael Mineiro a quatro décimos do término colocou um ponto final na possibilidade de o Brasília quebrar o recorde de vitórias seguidas no Novo Basquete Brasil (NBB). Com a vitória por 92 a 89, nesta quinta-feira (28mar), em São Paulo, o Pinheiros acabou com a invencibilidade de 16 jogos do atual campeão da competição. Quem agradeceu pelo resultado foi o Flamengo, que bateu o Palmeiras e permanece folgado na liderança, além de continuar ostentando a não alcançada marca de 20 vitórias seguidas (obtida na temporada 2008/09). O Brasília segue na vice-liderança (25 vitórias e cinco derrotas), enquanto o Pinheiros ocupa a quinta posição na tabela (20 vitórias e 10 derrotas).  (Fonte: globoesporte.com)

As entrelinhas: Em sua quinta temporada, o Novo Basquete Brasil, apoiado por empresas patrocinadoras e pela rede Globo, traz de volta a nosso País as emoções de um esporte que já foi o segundo mais popular no Brasil. Com dezoito equipes masculinas participantes, representando de Fortaleza/CE a Joinville/SC, o campeonato segue uma forma que lembra a NBA, com turno e returno e os playoffs com os oito melhores classificados. Apesar de que a metade das equipes estão no Estado de São Paulo, velhas e novas sadias rivalidades trazem grande público às quadras. Jogadores estrangeiros e vários brasileiros ‘repatriados’ dão um tom especial à disputa. A participação do Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres, mais a presença de brasileiros na NBA, mostra que estamos no caminho certo para voltarmos a ser potência mundial.

Advertisements

29-03: Receita de bacalhau para a Sexta-Feira Santa

As linhas: ” Como fazer bacalhau com broa à moda do Minho –

1. Retire a pele e espinhas às postas de bacalhau e esfregue-as com 2 dentes de alho. Coloque-as numa assadeira de barro, regue-as com 2 dl de azeite e leve ao forno já aquecido a 180ºC durante cerca de 15 minutos para assarem.

2. Entretanto, esfarele a broa e espalhe por cima 1 dente de alho picado. Polvilhe com q.b. pimenta e regue com o resto do azeite. Mexa para envolver todos os ingredientes (q.b. é a maneira que os portuguêses usam para “quanto baste”, que nós diríamos “a gosto”).

3. Retire a assadeira do forno e cubra as postas de bacalhau com o preparado de broa. Leve novamente ao forno até a broa ficar dourada. Sirva sobre talos tenros de couve cozidos, acompanhado com batatas cozidas, tudo regado com o azeite do assado.  (Fonte: www.1001receitas.com/pt)

As entrelinhas: Neste dia dedicado pelos Cristãos ao recolhimento e meditação, nada como manter a tradição, servindo à família uma diferente forma de preparo de bacalhau. Em Portugal diz-se que há 365 maneiras diferentes de preparar bacalhau, uma para cada dia do ano! Fomos buscar uma receita tipicamente portuguesa, da linda região do Minho, que exige poucos ingredientes: 4 postas de bacalhau demolhado, 3 dl azeite, 3 dentes alho, 300 g de broa e pimenta. Bom apetite e respeitoso descanso.

28-03: Entendendo o confisco no Chipre

As linhas: Europa resgata Chipre e impõe confisco e reestruturação bancária – Esta medida terá por efeito reduzir consideravelmente o tamanho do setor bancário cipriota, apontado como superdimensionado em relação à economia da ilha, já que representa oito vezes seu Produto Interno Bruto! O Chipre conseguiu um resgate da Eurozona, mas o acordo exige uma reestruturação de seu hipertrofiado setor bancário e confiscos dos depósitos mais volumosos, em muitos casos de correntistas russos, e abre uma era de incertezas sobre seu futuro econômico. ‘Finalmente, o Chipre sai de um período de incerteza e de insegurança para a economia. Foi evitada uma suspensão de pagamentos, o que teria significado deixar a zona do euro, com consequências devastadoras’, afirmou o porta-voz do governo cipriota, Christos Stylianidis.(Agence France-Presse)

As entrelinhas: Os bancos do Chipre reabrirão nesta quinta-feira (28mar), depois da adoção das medidas mencionadas nas linhas, entre elas a limitação de saque de 300 euros por dia por correntista bancário. Os bancos estão fechados desde 16 de março. Pagamentos e transferências para o exterior não poderão superar o limite de 5.000 euros por mês e quem for viajar, poderá embarcar com apenas 1.000 euros. Algo parecido com o  nosso Plano Collor, de tão nefasta lembrança. Para entendermos o motivo de preocupação generalizada destas medidas em uma ilha tão pequena, é preciso pensar que todos os Países da zona do Euro, em particular aqueles com a situação econômica mais complicada (Grécia, Irlanda, Portugal, Espanha e Itália) ficam a temer que o mesmo tipo de providência possa ser adotado em outros Países. Por este motivo é importante, para o acompanhamento da economia européia (e seus reflexos globais) que se observe os desdobramentos destas medidas.

27-03: GOL em vôo rasante

As linhas: A empresa aérea Gol teve prejuízo de R$ 1,51 bilhão em 2012, alta de 101,3% em relação ao resultado do ano anterior (quando perdeu R$ 751,5 milhões). O resultado, segundo a empresa, reflete o momento desafiador pelo qual passam as empresas aéreas, principalmente com a alta no preço do combustível. A desvalorização de 17% do real em relação ao dólar, além do baixo crescimento da economia brasileira em 2012, também foram apontados como responsáveis pelo prejuízo da empresa. A Gol também informou que, com o objetivo de elevar a receita por passageiro em pelo menos 10% e retomar as margens operacionais, reduzirá a capacidade doméstica em entre 8% e 10% no primeiro semestre de 2013... (Fonte: Reuters)

As entrelinhas: O drama da Gol repete, com outros matizes, a pintura que já assistimos com o binômio Wagner Canhedo/VASP, aquele ainda mais nebuloso. O fato real é que as empresas aéreas no mundo todo vivem situações parecidas. Tentam de tudo para se manterem em vôo de cruzeiro mas ficam no ar cada vez menos empresas, constituindo conglomerados. Para nós, eventuais passageiros da Gol, já acostumados a voar espremidos, com nossa barrinha de cereais e suco de caixinha, fica a certeza de que o número de vôos vai diminuir e por consequência a oferta de assentos, causando inevitável aumento das tarifas aéreas, que já andam bem nas alturas. Dependendo do destino, um convite para voltarmos aos confortáveis ônibus, com seus espaços generosos para as pernas e as paradas nos restaurantes dos postos para aquela média e pão com manteiga!

26-03: Lollapalloza no Jockey – imperdível

As linhas: “ Quando o Foo Fighters soltou os acordes de All My Life para encerrar a primeira noite do festival Lollapalloza, no Jockey Club, no ano passado, o Presidente da Geo Eventos suspirou aliviado…Com novas atrações de apelo, o evento está de volta ao mesmo cenário, entre a Sexta-Feira Santa (29) e o Domingo de Páscoa (31) – ou seja, com três, e não mais dois, dias de duração…Foram escalados roqueiros consagrados, como a banda Pearl Jam, grupos badalados, entre eles o The Black Keys e o Alabama Shakes, e nomes nacionais, como o cantor Criolo . (Veja São Paulo, 27mar2013 – data de capa).

As entrelinhas:  O Jockey Club de São Paulo adaptou a parte central de suas pistas de corrida para se tornar o mais belo cenário para shows a céu aberto da Capital. A sensação de amplitude que o espaço proporciona, aliado à incomparável vista do skyline de São Paulo são imbatíveis. Este ano os presentes devem ter ainda mais conforto com a diminuição de 20% da capacidade de público em cada noite. Ainda há ingressos disponíveis. Só um lembrete – vá de transporte público; a estação Butantã do Metrô está a 600 metros da entrada 6 e haverá 1500 táxis credenciados para atender aos presentes. Bom show!

25-03: Collor, hoje, seria pizza…

As linhas: ” Pão e Circo – Em Brasília, as suspeitas de superfaturamento de preços atingem da suntuosa obra do Estádio Nacional à compra de alimentos básicos que compõem a merenda escolar (Veja, 20mar2013). No CNJ, Joaquim Barbosa ataca conluio de juízes e advogados – Em julgamento no CNJ, o presidente do Supremo diz que existem ‘decisões graciosas, condescendentes e fora das regras’ por causa da relação entre magistrados e defensores (Correio Brasiliense, 20mar2013). ” Lula levou diretor da Odebrecht em viagem oficial à África – Na única viagem internacional em que o ex-presidente Lula foi designado representante oficial do governo Dilma Rousseff, o petista pôs entre os membros da delegação um diretor da Odebrecht (Folha, 24mar2013, confirmando que a relação de Lula com empreiteiras é próxima: elas pagaram quase a metade de suas viagens internacionais como ex-presidente).

As entrelinhas: A velocidade e a profundidade com que se renovam os “malfeitos” (palavra celebrizada pela Presidenta Dilma) faz com que não haja tempo da população pensante do Brasil assimilar tanta informação. Fica a sensação de impunidade permanente e “não há o que se fazer”. Por isso entendemos, tivesse sido hoje a entrevista do falecido Pedro Collor à revista Veja publicada em 27/5/1992, seu irmão Fernando Collor de Mello continuaria Presidente até o final de seu mandato. Pois se até o líder dos “caras pintadas” de então, hoje Senador Lindbergh Farias, tornou-se o ex-Prefeito mais processado da cidade de Nova Iguaçu/RJ e é candidato potencial à Prefeitura do Rio de Janeiro… Novos tempos!

23-03: Uma nova família Scolari?

As linhas: ” O treinador Luiz Felipe Scolari após o empate do Brasil contra a Itália por 2 a 2 confirmou o que já parecia evidente durante a passagem da seleção por Genebra (Suíça): Neymar está sendo blindado. O jogador não participou de nenhuma das entrevistas organizadas pela assessoria de imprensa da CBF durante a preparação para o amistoso. Felipão afirmou ainda que disse a Neymar que ele será tirado de debaixo dos holofotes sempre que servir à seleção. ‘Coloquei a ele que na seleção ele será muito menos exposto que no Santos. O Neymar será mais resguardado que no clube, onde ele precisa cumprir uma série de compromissos. O Neymar é centrado, equilibrado’, ponderou o treinador.” (Fonte: portal UOL, mostrando o lado “Paizão” de Felipão, que marcou particularmente suas passagens pelas seleções que dirigiu).

As entrelinhas: Quando o assunto é futebol, antes de emitir qualquer opinião gosto de passar os olhos pelos principais blogs do assunto para ler as mensagens dos internautas. Aí sinto o pulso do que pensa nosso povo. Algo que me chama a atenção, faz um bom tempo, é a falta de empatia entre a “canarinha” e o torcedor brasileiro. Talvez porque a maioria dos jogadores esteja há anos fora do País, talvez porque sua remuneração e modo de vida sejam desproporcionais ao que produzem em campo. O fato é que este grupo precisa melhorar muito para conseguir algo na Copa das Confederações e particularmente na Copa do Mundo de 2014. Difícil dizer se Scolari vai conseguir formar outra família, como fez com o Brasil do pentacampeonato e com a Seleção de Portugal. Mas uma coisa é certa: um afilhado já é membro desta eventual família, o poderoso Hulk…..