15-04: PEC 37 – Ministério Público sobe o tom

As linhas: ” PEC 37 só interessa a corruptos, dizem promotores – Proposta que retira do Ministério Público o poder de investigação foi alvo de manifestações na sexta-feira, 12 de abril. Promotores e procuradores reunidos em São Paulo fizeram um ato contra a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 37, que retira do Ministério Público o poder de investigação – garantindo essa competência apenas às polícias. Os manifestantes alegam que a medida vai reduzir a punição de responsáveis por crimes de corrupção e apontaram que o projeto está sendo defendido por políticos ‘corruptos e malfeitores’. O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Marcio Elias Rosa, afirmou que a proposta de restrição ao trabalho de promotores está ’em desacordo com a realidade do Brasil’ e que o Ministério Público deve continuar a investigar a corrupção e os crimes econômicos.” (Fonte: Agencia Estado)

As entrelinhas: De alguns anos a esta parte o Ministério Público vem tomando iniciativas de investigação, levantando questões que agridem o povo brasileiro, em especial àqueles que pagam seus impostos corretamente e não se conformam com desmandos de políticos e empresários, preocupados com seus próprios ganhos, de origens escusas. Notamos seguidamente nos noticiários, jovens (e alguns nem tanto) Promotores de Justiça, aguerridos, sonhadores, destemidos, que enfrentam forças que sabemos poderosas. Estão cumprindo à letra o que determina a Constituição e que agora se lhes quer suprimir: “O Ministério Público (MP) é uma instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis (art.127, CF/88).”

Advertisements

2 thoughts on “15-04: PEC 37 – Ministério Público sobe o tom

  1. Caros membros do MP,
    Durante os últimos 10 anos a famosa maioria que ganha eleições optou pela inclusão e manutenção de raposas no congresso e senado nacionais. Portanto, é irracional pretender que esse tipo de gente vá aprovar ou manter leis que possam ferir sua índole, natural, de autofagia moral e de “comer galinhas”, dos outros é claro. De outro lado tem um executivo contaminado pela mesma epidemia e, se estão lá, foi essa mesma maioria que os elegeu. Pelos fatos mais recentes, como bem praticou as associações de magistrados e foram “flagradas” pela franqueza do Ministro Barbosa, o poder judiciário, a meu juizo, também aprendeu a se atolar na mesma lama de benesses à custa do erário público. Não vejo como o MP esperar racionalidade de quem já provou ser irracional. Se o MP, por sua vez, é tão impoluto como autoproclama, por que tem exigido tanta “isonomia salarial” e “isonomia de benesses”? Onde está o exemplo? Será que vamos continuar no faz o que eu falo e não o que eu faço?
    Ora, se realmente quisermos mudar esse lixo que está aí, é preciso começar com o dever de casa e dar o exemplo. Investir no expurgo dos presunçosos que persistem achando que, por serem do MP, sabem de tudo e melhor do que todos e que são os “donos da cocada preta” poderá ser um bom exemplo, o que acham?

    • Flavio, grato pela leitura e comentário. Tristemente concordo consigo no que toca a – vamos chamar assim – uma “crise de valores” em toda a sociedade brasileira. Não tenho capacidade para analisar o “psique” coletivo para entender se o exemplo vem de cima e contamina ou se está no DNA verde amarelo. O fato é que os Três Poderes estão com problemas sérios. Comportamentos “fora da linha” de juízes, promotores, delegados, membros da Polícia Federal, Militar e Civil sempre ocorrem, desgraçadamente. O mesmo com nosso empresariado e pior, com nosso povo que adotou a “lei de Gerson” (como sãopaulino fico triste pelo grande meia-esquerda ser mais lembrado pela “lei” que criou do que pelo seu futebol encantador). Mas em nosso caso a situação de impunidade está tão séria que um órgão que existe para proteger a sociedade, como o MP, é um vigilante a mais para tentar minorar esta situação. Abraços e grato por trazer debate a meus rabiscos – a intenção deste simples blog pessoal e independente é justamente provocar opiniões, sensatas como a sua. Cordialmente,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s