09-05: Injustiça com o Gabão

Explanada dos Ministerios, Eixo Monumental, BrasiliaAs linhas: “  O senador Aécio Neves, presidenciável do PSDB, comentou o ingresso de Guilherme Afif Domingos (PSD-SP) na equipe de ministros de Dilma Rousseff, marcado para esta quinta-feira (9). ‘O governo brasileiro, a partir de amanhã, concorrerá com o Gabão, o único país do mundo que tem também cerca de 40 ministérios’, disse. Escolhido para chefiar a recém-criada pasta da Micro e Pequena Empresa, Afif será o 39º ministro de Dilma. A analogia de Aécio foi injusta com o Gabão, uma república africana com 28 ministros (29 se for incluído na conta o primeiro-ministro). Para o rival tucano de Dilma, ‘a posse de mais um ministro de Estado é algo inimaginável’. (Fonte: Blog do Josias)

As entrelinhas: Estive na Holanda, no final do ano passado, a convite do Governo daquele país europeu. Dentro da política de austeridade que impera na Europa, visitei um Ministério, que se chama “Ministry of Economic Affairs, Agriculture and Innovation”. Tudo junto, em um prédio só, sob a tutela de um Ministro que ainda acumula a função de Vice-Primeiro Ministro. Com isto fica muito mais fácil administrar assuntos que se completam, corta-se enormemente os “cabides de emprego” e seus custos e ganha-se em eficiência. Enquanto isto vamos na contramão, aqui em terras tupiniquins, sempre com um olho em alianças políticas, horários na tv e as eleições majoritárias de 2014. E la nave va…

Advertisements

6 thoughts on “09-05: Injustiça com o Gabão

  1. Obrigado, Sr. Paulo Costa, por mais esta postagem de qualidade – muito bem feita. Realmente, é de indignar, a qualquer um, nossa situação política que segue inteiramente na contra-mão do desenvolvimento – fico preocupado com o que há de vir. Cordialmente, Sérgio Souza.

  2. Meu bom amigo Paulo, pense por um outro lado, isto é o mais puro desenvolvimento social possível….Ao invés de cabides de empregos, criamos “closets de empregos”.

    • Paulinho, meu querido amigo. Nunca antes neste país se viu desenvolvimento social tão amplo. Estes Ministérios são abrigos, mais até do que closets, para milhares e milhares de desamparados, que tornar-se-ão “cumpanheiros”. Saudações e obrigado pela constante leitura.

  3. O senador Aécio Neves, mais uma, vez mostrou ao Brasil, que mesmo tendo sido “secretário” do seu avô e filho do deputado mineiro Aécio Cunha – indevidamente para efeito de IBOPE ele não usa o seu nome correto, Aécio Neves Cunha -, com eles nada aprendeu em termos políticos, principalmente se tivesse em mente um dos muitos jargões criados para a classe política pelo falecido Tancredo Neves de que na maioria das vezes “é melhor calar do que mal falar”, quando não se conhece a fundo qualquer assunto, principalmente se tratando do conhecimento de geografia e relações internacionais. Como ex-governador de Minas Gerais, Aécio, que sempre se recusou a intensificar o relacionamento político administrativo mineiro com países do Continente Africano, deitou falação nesta quarta-feira, jogando para a platéia, de que com a posse do novo Secretário, com status de Ministro, para chefiar a recém-criada pasta da Micro e Pequena Empresa, o 39º ministro do governo da presidente, ao afirmar:>> “o governo brasileiro, a partir de amanhã, concorrerá com o Gabão, o único país do mundo que tem também cerca de 40 ministérios”. Sem ter a mínima noção de onde se localiza a República do Gabão no mapa dos países do Continente Africano, o politico mineiro, foi no mínimo injusto com o país comandado atualmente por Ali Bongo Ondimba, que no ano passado foi uma das autoridades africanas de destaque que participaram da Rio + 20, país que tem em seu quadro administrativo 28 ministros (29 se for incluído o primeiro-ministro).

    • Prezado senhor, grato pelo sua leitura e comentário. Realmente é muito perigoso falar-se de números, seja em que contexto for. Quanto ao Senador Aécio Neves, que foi um bom Governador para Minas Gerais, ainda tenho minhas dúvidas se ele tem mesmo vontade de ser Presidente da República. Parece-me que o Governador de Pernambuco, Eduardo Campos, pode ser um candidato oposicionista com mais pegada para enfrentar uma eleição difícil. Cumprimentos, Paulo Costa

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s