18-05: Arbitragem no futebol

arbitros_de_futebol1As linhas: “ A  Federação Paulista de Futebol divulgou que o árbitro Rodrigo Braghetto foi afastado da final do Campeonato Paulista. O juiz tinha sido escalado para o jogo, mas solicitou à Comissão de Arbitragem que fosse dispensado da partida. Nesta sexta-feira, haverá novo sorteio para definir o juiz que irá apitar o jogo entre Santos e Corinthians, no domingo, na Vila Belmiro. Segundo a entidade, o árbitro pediu o afastamento ‘a fim de evitar qualquer tipo de polêmica que pudesse prejudicar a competição, já que a sua empresa, Apto Esportes, presta serviços ao departamento amador do Sport Club Corinthians Paulista’. Braghetto é sócio da empresa Apto Esportes, que presta serviço para o Corinthians e outros clubes como São Paulo e Portuguesa. Segundo Coronel Marinho, chefe de arbitragem da Federação Paulista de Futebol, a ligação do árbitro com a empresa era de conhecimento da entidade. (Fonte: UOL)

As entrelinhas: Isto poderia ser chamado de legalização do suborno ou legitimação da corrupção. E não adianta querer proibir esta relação promíscua entre árbitros e clubes – para que existem “laranjas”? Ouve-se que o mesmo tipo de coisa se passa entre empresários/agentes, dirigentes e técnicos. Todo mundo supõe, não é apenas aqui no Brasil*, que se fabricam “campeões”, mas só “inocentes” como este Braghetto passam recibo! Em uma semana onde se falou de erros crassos de arbitragem nos jogos que eliminaram Corinthians e Palmeiras da Libertadores, fica em nós torcedores (este escriba incluído) aquela sensação de “como sou um idiota”. Pior de tudo é que este tipo de situação parece ser tão antiga como o próprio futebol profissional. Que lamentável!

*Em 1994 o Olympique de Marselha teve seu título da temporada 92/93 cassado e foi rebaixado, pois seu Presidente subornou jogadores do Valenciennes para perderem um jogo decisivo. Na Itália, em 2006, os poderosos Juventus, Fiorentina e Lazio foram rebaixados (Milan escapou no recurso) e a Juve perdeu dois títulos nacionais, por um esquema de corrupção na indicação de árbitros. Aqui em terra tupiniquim, o Campeonato Brasileiro de 2005 foi maculado com a anulação de onze partidas após a constatação de que o juiz Edilson Pereira de Carvalho estava envolvido em um esquema de manipulação de resultados.

Ilustração de Google Images.

Advertisements

2 thoughts on “18-05: Arbitragem no futebol

  1. Paulo Costa, como torcedora, me sinto assim já há alguns anos… Você citou episódios de campeonatos europeus para não gerar polêmicas retroativas. “Afinal, enquanto não é com o meu time, não é comigo”.
    Parece-me que é necessário sofre desse mal para sentir na pele essa verdade sobre a legitimidade da corrupção há muito instaurada no futebol – brasileiro, então, nems e fala. O fato é que esse tipo de episódio só nos faz nos decipcionar com o esporte e com o futebol.

    • Prezada Leticia, grato por sua leitura (dinâmica – mal publiquei…). Um fato interessante é que grande parte dos torcedores tem consciência destes fatos mas mesmo assim continuam a torcer freneticamente e ficar sem dormir quando seu time perde. Deve haver um lado no “psique” das pessoas que explique isto. Na verdade o tema serve para um livro e se estende a outros esportes, a questões de dopagem, à luta do esportista em superar seus limites físicos para atingir objetivos de superação. Voltando à questão da arbitragem, em alguns esportes, particularmente nos EUA que conheço melhor (futebol americano, baseball), já está estabelecida a ajuda da tecnologia para dirimir situações duvidosas. Paralisa-se a partida, os árbitros se reúnem em torno de uma tela, verificam os lances em replay e tomam a decisão. O mesmo se passa no turfe, onde os páreos são acompanhados pelos Comissários de Corridas com o uso de inúmeras telas. Nos grandes hipódromos é difícil um jóquei burlar o resultado de uma corrida. Isto deveria chegar ao futebol, para diminuir situações de inversão de resultados por falhas humanas. Mas a questão da falta de honestidade não há tecnologia que resolva…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s