17-06: Vista sua janela de branco

janelaAs linhas: Vista sua janela de branco! Se puder, saia às ruas. Se não puder vem pra janela – vamos mostrar que este movimento que está tomando conta do Brasil é espontâneo, e vem de um país cansado de tolerar a ineficácia do poder público. Publique sua foto com a hashtag #VemPraJanela. (Fonte: Convocação circulando pelas redes sociais, com alto grau de adesão – ato marcado em SP para 17 de junho, segunda-feira)

As entrelinhas: Quando os movimentos de rua começaram, em São Paulo, Rio de Janeiro e em seguida espalhando por Curitiba, BH e Porto Alegre já ficou a sensação de que não estávamos falando de um protesto contra os R$ 0,20 de aumento no preço das tarifas de ônibus do SP e Rio. A CNN escreveu (tradução livre) o que Linhas & Entrelinhas gostaria de dizer. Desculpem, é longo, fugindo ao nosso padrão, mas vale a pena ler:

“Os protestos que estão acontecendo no Brasil vão muito além do aumento de 0,20 no transporte público. O Brasil está atualmente experimentando um colapso generalizado na sua infraestrutura. Existem problemas nos portos, aeroportos, transporte publico, saúde e educação. O Brasil não é um país pobre e os impostos são extremamente altos. Os brasileiros não veem razão para ter uma infraestrutura tão ruim enquanto existe tantos impostos sendo pagos. Nas capitais dos estados as pessoas gastam até quatro horas por dia no transito, ou em seus carros ou no transporte publico lotado e de péssima qualidade.
O governo brasileiro tomou medidas paliativas para controlar a inflação, cortando impostos, e ainda não percebeu que é preciso mudar o paradigma focando na infraestrutura. Ao mesmo tempo o governo brasileiro está reproduzindo em uma escala menor o que a Argentina fez alguns anos atrás: evitando a austeridade e combatendo o aumento da taxa de juros SELIC, o que está levando ao aumento da inflação e ao pequeno crescimento.
Além do problema da infraestrutura, existem vários escândalos de corrupção que continuam sem julgamento, e os casos sendo julgados tendem a acabar com a liberação dos acusados. O maior caso de corrupção da história brasileira finalmente acabou com os acusados sendo condenados e agora o governo está tentando reverter o julgamento manobrando emendas constitucionais inacreditáveis: uma delas é a PEC 37, que visa aniquilar os poderes de investigação da promotoria publica, delegando a responsabilidade pelas investigações exclusivamente à Policia Federal. Mais ainda, outra proposta visa submeter as decisões da Suprema Corte ao Congresso – numa violação sem precedentes dos três poderes.  Estas são, de fato, as revoltas dos brasileiros.  Estes protestos não são meramente isolados, movimentos da extrema esquerda ou da extrema direita como alguns órgãos de imprensa afirmam. Não é um rebelião de jovens. É a manifestação da parte mais intelectualizada da sociedade que quer colocar um ponto final nestes assuntos. A classe média nacional, que sempre esteve insatisfeita com o esquecimento político, agora “acordou” – nas palavras daqueles que protestam.”

Advertisements

4 thoughts on “17-06: Vista sua janela de branco

  1. Realmente todos estamos cansados da falta de infraestrutura e o continuo aumenta das taxas e impostos que seguramente não são revertidos de maneira eficiente para o bem estar do povo. Se não fosse o vandalismo e exagero de poucos eu seria muito favoravel ao movimento…..

    • Paulinho, você tem razão quanto aos excessos, inevitáveis em manifestações deste quilate. Mas vamos pelo lado da paz e vestir nossas janelas de branco. Penso que a manifestação em São Paulo, programada para o fim de tarde de segunda-feira, terá uma abordagem menos agressiva da PM. O importante é passar para nossos governantes que estamos cansados e devemos sair de nossa relativa zona de conforto e fazer cobranças. Obrigado pela leitura e seu comentário.

  2. Parabéns pelo texto, Tio Paulo! Chegou a hora de irmos todos às ruas e às janelas!

    Quanto ao vandalismo que o Paulinho mencionou aqui em cima: todos os tipos de grupos possuem seus extremistas. Não podemos ignorar toda a situação e o protesto por causa dos vandalismos! Não devíamos nem dar atenção a este fato! Toda nossa atenção deve estar focada no movimento! E como já disse um dos manifestantes: “Vandalismo é o que fazem com as pessoas na fila do SUS. Destruição é o que fazem com a sua família quando seu filho morre em mais um assalto à mão armada. Violência é quando um professor tem redução de salário. O nome disso aqui é FÚRIA. O nome desse ônibus queimado é: EU EXISTO E NÃO SOU OTÁRIO. Escândalo é o salário e benefícios desses senhores ser pago com os meus míseros vinte centavos a mais.”

    Recomendo a leitura deste ótimo texto sobre a questão da violência: http://incandescencia.org/2013/06/09/vandalismo-por-direito/

    Um grande beijo!

    • Maria Fernanda, que bom recebe-la neste espaço, ainda mais com um comentário tão apropriado. Vou colocar hoje um post um trecho de uma entrevista feita pelo Estado de São Paulo com nosso primo Marcelo Ridenti, sociólogo. Ele mostra um outro lado da questão, que eu ainda não tinha observado. Beijos e obrigado pela leitura.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s