04-08: Crise Institucional?

As linhas: “ 1. Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupam o andar térreo do prédio principal do Ministério da Fazenda, em Brasília. Eles chegaram ao local às 5h20 desta segunda-feira (3). Com bandeiras do movimento e faixas pedindo urgência na reforma agrária e a saída do ministro Joaquim Levy, os manifestantes protestam contra os cortes orçamentários e o reajuste fiscal anunciados recentemente pelo governo. (portal iG); 2. O protesto de servidores estaduais contra o parcelamento de salários adotado na sexta-feira (31) pelo governo do Rio Grande do Sul alterou a rotina de parte da população na manhã desta segunda-feira (3). A mobilização afeta serviços essenciais como segurança pública, transporte e educação. (portal G1); 3. Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação no Recife nesta segunda-feira e deixam a Região Metropolitana sem condução. A categoria reagiu em protesto a decisão do Tribunal Superior do Trabalho, que reduziu o aumento 12% para 9% e o tíquete caiu de 59,57% para 9%. (Diário de Pernambuco); 4. A Polícia Federal prendeu ao amanhecer o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. A prisão preventiva foi decretada pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, no âmbito da Operação Lava-Jato, que investiga corrupção dentro da Petrobras. A nova ação da PF é denominada Operação Pixuleco (apelido pelo qual alguns dos indiciados na Lava-Jato se referiam à propina). São 40 mandados judiciais, sendo três de prisão preventiva, cinco de prisão temporária e seis de condução coercitiva (quando o suspeito é conduzido para depor em delegacias). A ação acontece em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. (ZH Notícias).

As entrelinhas: Estes dias escrevi que além das crises política e econômica que estamos vivendo havia um grave risco de uma crise institucional. Quase fui crucificado pelos meus leitores! Se tem algo que não sou é ser pessimista ou alarmista, longe de mim! Mas vivi o ponto mais crítico da ditadura militar (1970 a 1974) nos bancos da Faculdade de Direito da USP (Largo de São Francisco) e trabalhei em Brasília por dois anos, o último de Collor e o primeiro de Itamar. Inevitável, portanto, que tenha se agregado ao meu DNA o temor pela quebra do regime democrático. Então, quando leio em um mesmo dia estas notícias acima e testemunho que temos uma Presidente da República (sem nenhuma intenção de ofensa) que apenas luta para recuperar sua recordista marca de impopularidade, eis que o Governo está em outras mãos que não as dela, perco o meu sono e temo pelo pior. Minha certeza única, e isto é uma coisa de meu íntimo, é de que algo vai acontecer, não estou bem seguro o que. E a outra, pelo menos mais otimista, é que nosso querido Brasil vai sair desta melhor do que nela entrou.

Advertisements

4 thoughts on “04-08: Crise Institucional?

  1. Belas palavras caro amigo Paulo, retrata o tema da hora, a pergunta que não quer calar, o que nos espera em um futuro breve ? ” Algo vai acontecer, não estou bem seguro o que …” deve ser o pensamento generalizado do brasileiro pensante neste crucial momento. A história política brasileira sempre foi exótica, bizarra, muitas vezes rizível. Vivemos um novo tempo em que até os Papas consideram a renúncia. Será que a nossa ilustre presidenta não estaria ( ou estaríam ) preparando a própria cama ?

    • Prezado amigo Julio, grato pela leitura e comentário que muito me orgulha. Estou preocupado, lhe confesso, mas esperançoso que algo aconteça para dar um novo rumo ao nosso país. Minha expectativa é idêntica à sua no vislumbre que nossa Presidente tome a lúcida iniciativa de renunciar a seu cargo. O Brasil é tão grande e com tanto potencial que uma guinada psicológica em nosso andamento poderia mudar a história que estamos (estão) (des)construindo para nossos filhos e netos. Grande abraço

  2. “esses cães não largam o osso” … caríssimo Dr Paulo, como vai ??!!! infelizmente até para renunciar é necessário algum pingo de caráter …. tudo que vimos nesses últimos pares de anos me leva a crer que essa “turma” ( pra não baixar o nível e usar outro termo) tem arquitetado, já há muito, artimanhas que os blindaram e colocam em risco nosso futuro democrático. Estamos lutando dentro da lei contra revolucionários hipócritas que detém o poder e se associaram com loucos idealistas. Nosso posso não esta passivo demais para mudar esse rumo ?
    abraço

    • Que prazer merecer sua leitura e comentário, Dr. Fifico! Quanto ao caráter para aceitar uma renúncia, acredito que nossa Presidente esteja bastante alheia à realidade das coisas. E quanto à passividade do povo, pensei que algo de novo viria com as manifestações do aumento das tarifas de ônibus, depois contra a Copa do Mundo e mais recentemente as passeatas pós eleições. Mas não há seguimento, elas perdem sua intenção inicial. Creio que vamos ter uma solução mesmo institucional, agora que o Legislativo está se movimentando. Tudo muito estranho! Grande abraço,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s